Mundo Estranho – A origem sangrenta dos Contos de Fada

Pessoal, uma outra dica que tenho de leitura para vocês é a edição de abril da revista Mundo Estranho. A reportagem de capa traz um pouco sobre a origem nada bonitinha e engraçadinha dos mais populares contos de fada como Alice no País das Maravilhas (por falar nisso, a visão de Tim Burton desta história, com Johnny Deep, está chegando hein?), Chapéuzinho Vermelho, João e Maria e muito mais.

Se você quer continuar tendo uma visão imaculada destes clássicos da literatura, por favor, não continue lendo este post. Tem um monte de outras coisas legais no Blog: musiquinhas, dicas de leitura de história em quadrinhos…

Continua aqui?
Então vamos lá!

A revista fez uma pesquisa em vários livros e ensaios de autores para verificar como eram, de fato, as histórias da carochinha em sua essência. Elas, nos tempos antigos, serviam para assustar MESMO as crianças, sempre com ideias de moral.

Começando com Alice no País das Maravilhas, o texto da Mundo Estranho mostra que as aventuras foram publicadas pela primeira vez em 1865 e alguns pontos “alucinantes” do “mundo das maravilhas” como o sorriso do gato malhado podem ter nascido enquanto Lewis Carroll estava doidão. Isso mesmo, sob efeito de LSD. Esse fato é contraditório, pois nada na biografia do autor sugere o uso de drogas.

Outra curiosidade: sabe por que o Chapeleiro era maluco? Porque na época em que a história foi escrita, muitos chapeleiros ingleses enlouqueciam de fato. Eles ficavam expostos muito tempo ao mercúrio usado na confecção dos chapéus. Os sintomas eram tremores nos olhos, fala confusa e alucinações…

Já segundo a revista, a história de Chapeuzinho Vermelho está cheia de violência, canibalismo e insinuações sensuais. Sabe o “Que bocão você tem???” Pois é… A Bela Adormecida, outro exemplo, passou por poucas e boas enquanto estava dormindo. Entre elas, foi abusada, teve um casal de filhos, acordou e quase viu seus rebentos serem cozidos pela mãe do rei. Louco não?

É que você não tem ideia de como era Cinderela, Branca de Neve, Os Três Porquinhos, João e Maria, O Príncipe que Virou Sapo, A Pequena Sereia e contos do folclore brasileiro como o Saci-pererê (Vampirão Perneta), Curupira, Mula sem Cabeça, entre outras.

Só para finalizar: o que você usa para viajar no tempo e no espaço? O pó de pirlimpimpim correto? Quando ler a revista preste atenção na palavra PÓ!!!

Bom, a edição está muito bem feita e vale muitíssimo a pena, não só por essa matéria, mas por muitas outras, por exemplo, Duelo Vampiro X Lobisomem, Os dez roubos de túmulo mais bizarros da história, É possível sobreviver semanas soterrado por um terremoto? e a homenagem ao Glauco. Parabéns à equipe da Mundo Estranho. Esta edição está sensacional…

Sobre Fantasma Escritor
Eu sou um fantasma, perambulando pelas ruas da cidade grande em busca de assunto para conversar. Falo sobre economia, finanças, mercado e, claro, livros legais. Quero ser a luz no fim do túnel ou o trem que se aproxima...

16 Responses to Mundo Estranho – A origem sangrenta dos Contos de Fada

  1. eu li essa matéria na ME hoje. Muito boa, matéria nota 10! Mais uma vez, ME sendo parabenlizada por mim, fã nº1 da revista =D

    • Fantasma Escritor disse:

      Muito boa mesmo Kamilla… E é legal que, a cada edição eles se superam mais e mais. Também adoro essa revista! Obrigado pelo comentário e sempre dê uma passada por aqui tá?

  2. Jess disse:

    Oi, tudo bem?
    Muito legal o seu post sobre a Mundo Estranho. Muito bom mesmo. Acho que o pessoal de lá poderia te entrevistar hein? Já to até vendo… Vozes do outro mundo na Internet, rssssss. Parabéns. Passarei sempre aqui.

  3. Coleg disse:

    Uauuuuu… Nunca pensei que poderia ser assim.

  4. Andre disse:

    Que louco isso meu!!! Bem que você poderia escanear e colocar aqui pra gente ver né?

    • Fantasma Escritor disse:

      Olá André. Infelizmente não posso escanear a revista e colocar no Blog. Seria muita sacanagem com a galera da revista que trabalha muito pra produzir; com o pessoal do comercial, que vive de vendas; etc…

  5. Marcinha disse:

    Oi, tudo bem?
    Que legal essa proposta. Embora eu achei que isso é muito relativo. Não se pode creditar informações como essa a simples histórias que passaram de boca-a-boca pelo conhecimento popular.
    Ainda mais algo que já faz parte da história de cada um…

  6. Cher disse:

    Oi… Sabe que esse negócio de conto de fada cheio de sangue tem a minha cara? Adorei a proposta, não só do texto, mas do blog e da própria revista. Vou procurar nas bancas…

  7. Laura disse:

    é impossível Lewis Carrol ter escrito “Alice” muito louco…

    os livros são cheios de problemas matemáticos e conceitos físicos (Lewis era professor de matemática)! toda essa visão extremamente equivocada vem duma porcaria de um filme caseiro que um grupo de hippies fizeram nos Estados Unidos

    é uma pena ter gente que pensa assim

    • Fantasma Escritor disse:

      Oi Laura. Então, essa é a visão que é passada no estudo que embasou a reportagem. Acho que, antes de mais nada, é importante cada um termos nossas verdades e nossos pensamentos, sejam eles soturnos ou doces…
      Abraços e continue me visitando.

  8. belly disse:

    nossa QUE ESTRANHO EU GOSTO TANTO DE CONTOS DE FADA ACHO TAO LINDO ,NUNCA PENSSEI QUE ERA ESSA A REALIDADE

  9. catrina disse:

    sa magazine and I loved my cousin mareu of fear on the cover of a drawing enfantio doll!

  10. camisa 12 disse:

    eu acredito no conteudo da revista essas historias foram muito mal explicadas duranet muitos anos..parabens!!!!

  11. c disse:

    po????

  12. Camily disse:

    sa magazine and I loved my cousin mareu of fear on the cover of a drawing enfantio doll!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: